A BOA SOCIEDADE

“Em Sociologia, uma sociedade é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes, e que interagem entre si constituindo uma comunidade.

Em Biologia, sociedade é um grupo de animais que vivem em conjunto, tendo algum tipo de organização e divisão de tarefas, sendo objeto de estudo da Sóciobiologia.”

Recorri ao significado dessa palavra para falar sobre a sociedade formal das Empresas.As sociedades se formam baseadas em uma série de interesses e acordos.No entanto o que verificamos na maioria dos casos é que esses acordos são informais.Os contratos sociais são elaborados com a preocupação de obter os registros necessários para a operação da Empresa.

Nos anos de experiência junto a Empresas de pequeno e médio porte identificamos uma série de pontos que, por não estarem especificados e registrados, geram desconfortos entre os sócios e levam as Empresas a situações de conflitos muitas vezes terminais.

Aqui, aponto os itens de relevância, segundo minhas observações, que poderão impedir ou diminuir as zonas de conflito. “ O combinado não é caro”.

  • Definam claramente as atividades da Empresa e incluam clausulas que as mudanças futuras devem ter unanimidade dos sócios. Após a mudança altere as clausulas iniciais incluindo as novas atividades.

  • Deixem claros os rumos da Empresa e seus sócios e herdeiros em caso de falência, morte, retirada e impossibilidade de sócios;

  • Defina claramente o pró labore e distribuição de lucros;

  • Estabeleça o modelo de avaliação de resultado operacional para determinação do lucro;

  • Defina quando os lucros serão distribuídos;

  • Lembre de determinar aplicação de parte do lucro para reinvestir na própria empresa;

  • Determine prazos para reuniões de avaliação do negocio;

  • Defina claramente as funções e tarefas de cada sócio, inclusive com suas metas;

  • Estabeleça critérios de contratação de parentes, amigos, companheiras(os);

  • Defina os critérios de assinatura de cheques, investimentos, e demais ações, considerando que sejam assinaturas sempre em conjunto com dois ou mais sócios;

  • Definam as regras de reembolsos de despesas, adiantamentos, capacitação dos sócios;

  • Não permitam pagamento de contas particulares pela Empresa;

  • Esses são alguns pontos que identifiquei nos trabalhos que realizei e não esgotam o assunto. Eles podem estar registrados nos contratos sociais ou em um termo de acordo entre os sócios.

  • Consultem sempre um Advogado para melhor orientação quanto aos aspectos legais dessa relação, que no inicio sempre traz grande alegria e conforto mas que, com o passar do tempo gera desgastes nas relações e prejuízos financeiros.