Os Sentidos da Venda

Verificamos que existem vários motivos que levam um cliente a optar comprar em determinada Empresa.Normalmente pensamos em preço como o atributo principal na decisão de compras. No entanto existem o produto, apelo da marca, moda, comunicação, dentre outros.Além desses pontos gostaria de destacar a percepção do cliente em três aspectos que o atraem:

FACHADA;VITRINE e ARRUMAÇÃO INTERNA.

Esses aspectos ativam o sentido da visão, causando o impacto capaz de atrair o cliente ou afastá-lo.A partir de então, se inicia um processo de ativação dos sentidos humanos, que muito ajudam na tarefa de atrair o cliente e gerar uma sensação de bem estar, próprio para a ocasião de compras.

Atraído, o cliente olha a vitrine, verifica as peças expostas e então poderá ter outro sentido ativado: o olfato. As lojas passaram a utilizar o aromo terapia para desenvolver “cheiros” característicos que atraiam e marcavam o cliente. Podemos citar como exemplo a Osklen e Melissa. Dentro da loja, já atraído, o cliente passa a ter outro sentido ativado, a audição. Por isso hoje existe uma grande atenção para a “trilha sonora” , que deve estar equilibrada com o tipo de cliente, produto e característica da loja.

Na Maria Filó existe uma rádio que garante essa regra e evita a “preferência musical” da equipe de vendas e melhor ainda, acaba com os períodos de silêncio.A partir desse ponto, a loja deve ativar o paladar, oferecendo café, chás, refrigerantes, sucos, água ( importante perguntar: gelada ou natural ), capuccino, frutas e tudo mais que ofereçam ao cliente a experiência positiva de estar acolhido na loja. Por fim, o sentido do toque que é percebido pelo cliente ao pegar, experimentar e sentir as peças.Sugerimos o toque especial: “ACOLHER” o cliente com um grande sorriso, estando próximo a entrada da loja.