Relacionar a forma inteligente de atender o cliente

Quando penso nas diversas coisas que gostaria de ver melhorar em 2013, 2014, 2015,a que mais me toca é o RELACIONAR OS CLIENTES.

RELACIONAR clientes, amigos, parentes, futuros clientes, clientes que não sabem ainda que serão clientes, de forma geral, como deve ser.

E como deve ser?

Paro para pensar novamente e me lembro de Seu Antônio, que na década de 60 aplicava a mais conceituada técnica de RELACIONAMENTO. Dispunha de um data base marketing, gerenciava as informações desde o valor de compras mensal, o que mais se comprava, seus hábitos, preferências, até o acompanhamento de assuntos pessoais como que time torcia (não somente na Bahia como em SP e Rio ), como estava a família, os estudos dos filhos a saúde dos mais velhos, e sempre com um sorriso angelical, bom humor, alegria e carinho, muito carinho com seus AMIGOS CLIENTES.

Os anos se passaram, a tecnologia mudou o mundo.Temos computadores, sistemas de gestão, sistema de informações (CRM), faculdades de Relações Publicas, Marketing, Comunicação…. Mas, nessa evolução algo se perdeu. Deixamos de lado a coisa mais importante no trato com o cliente: a alegria de RELACIONAR; a felicidade de receber, o carinho com o ser humano e a forma de transformar o cliente em nosso AMIGO CLIENTE.

Os GURUS de plantão, os neo – administradores, passaram a criar um arsenal de “tecnologia’, procedimentos e técnicas rígidas de contato, novas formas de “atender” as pessoas, mas nada voltado para o cliente.

Call Center, Contact Center, SAC, CRM, ufa…

O que eles realmente fazem?

Musicas-tam rmaram raramramramram, ra,mramramram, ramram ramrma,,,,

Atendimento pessoal-se você quer falar com A, disque 1, com B 2 com C 3 ou aguarde….

É um prazer receber sua ligação, mas nossos atendentes estão ocupados;aguarde alguns instantes, e tome-lhe musiquinha…

Ai conseguimos falar com alguém – um momento por favor; não temos ainda a resposta; o senhor esta nervoso?

Atender o cliente?

Acho que todas as Empresas, Faculdades, Universidades, devem antes de lançar tanta informação aos ouvintes devem primeiro estudar o cliente e como devem ser tratados. Seus hábitos, costumes, necessidades e como cada um gostaria de ser RELACIONADO pois, devemos RELACIONAR o cliente como gostaria e não como gostaríamos de ser tratados.

Poderia aconselhar a todos procurarem Seu Antônio, mas infelizmente ele não se encontra entre nós. Certamente estará ensinando como RELACIONAR os clientes, onde ele estiver.

Ao senhor, Seu Antônio, muito obrigado por ter me dado a oportunidade de me sentir um dia AMIGO CLIENTE.